sábado, maio 22, 2010

Mas afinal de contas, o que são e para quem servem os direitos humanos?

Todo mundo corre atrás dos seus direitos, ninguem cumpre seus deveres, são frases que se houve muito. Mas afinal, o que são direitos e o que são deveres?

A resposta é simples, direitos são as coisas as quais você tem direito, são as coisas que o estado permite que você faça. Deveres, por outro lado, são suas obrigações a serem cumpridas com o estado, representado pela sociedade.

O que restringe a liberdade do indivíduo não é o dever, e sim o direito. Note que tudo que você faça e que não esteja dentro dos seus direitos, fará com que você sofra complicações muito mais sérias do que se não cumprir os seus deveres.

E sabe o motivo? Os direitos não servem pra te dar liberdade, eles servem pra retirar a liberdade individual de cada um. Veja por exemplo os direitos humanos: em sua primeira versão de 539AC feita com palavras de Ciro, Rei da Pérsia, encontradas no artefato conhecido como cilindro de Ciro que diz: "Eu sou Ciro, rei do mundo, grande rei, rei legítimo, rei da Babilônia, rei da Suméria e de Acade, rei das quatro extremidades, filho de Cambises, grande rei, rei de Anzã, neto de Ciro, descendente de Teíspes, de uma família que sempre esteve na realeza."

A partir da introdução você pode ter noção do que significava o direito humano da época, basicamente você só tinha o dever de reconhecer que Ciro era o rei dos reis, e tinha o direito de adorar qualquer um dos deuses, já que Ciro era reconhecido por todos eles.

O código de Hamurabi dividia os humanos e seu grau de liberdade em três níveis: Os homens livres, os subalternos e os escravos. Talvez estes tenham sido os únicos verdadeiros homens livres da história da vida civilizada. Hamurabi mandava matar ladrões e não se preocupava muito com a pedofilia incestuosa a não ser entre os homens livres. Os hebreus eram ao contrário, não matavam os ladrões mas trucidavam os incestuosos, além de apedrejar quem fosse pego trabalhando aos sábados.

O direito humano é portanto muito antigo, hoje em dia a ONU tem a sua declaração dos direitos humanos, nela não há mais homens livres nem escravos, há apenas subalternos que tem o direito de serem protegidos pelo estado e punidos caso façam algo que não esteja incluso nestes direitos.

Os direitos humanos atuais, que são tão poucos, não falam nem ao menos na abolição da pena de morte, pena esta que é muito normal nos Estados Unidos, país que sedia a ONU e é o que mais reclama da falta de direitos humanos nos outros países. Justamente uma das nações que mais mata pessoas. E se o ser humano não possui direito a vida, então é melhor que ele perceba que a substituição de um estado de direito por um estado de deveres é que é a solução para todos os povos da Terra.
ESTA INFORMAÇÃO FOI:

0 Comentários sobre esta postagem::

Postar um comentário

Comentários inoportunos, idiotas ou ilegais não serão aceitos.