sábado, março 27, 2010

Nova população de Lêmures é encontrada em Madagascar

O World Wildlife Fund (WWF), anunciou a descoberta de uma população da rara espécie dos Lêmures-Gigantes na ilha de Madagascar. A grande ilha da costa oriental da África, é atualmente o único lugar conhecido onde esta espécie vive. Os pesquisadores descobriram que este grupo em particular habita as florestas localizadas na parte sudoeste da ilha, onde foram observados coletando comida nas árvores frutíferas.

A população foi encontrada em 2009, enquanto era conduzida uma pesquisa noturna na região para avaliar a biodiversidade ao longo da mata de galeria do Ranobe, perto de Toliara. Eles descobriram lêmures gigantes (Mirza) nas copas das árvores, cuidando de seus afazeres habituais. Os naturalistas conhecem apenas duas espécies pertencentes ao gênero Mirza, e acrescentaram que, segundo as últimas estatísticas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), O gênero Mirza é qualificado como "quase ameaçado".

Isto significa que, num futuro muito próximo, o gênero pode se tornar vulnerável ou criticamente em perigo, dependendo da evolução dos fatos. As tendências mostram que as populações estão a diminuir em número e força, e programas de conservação parecem ser incapazes de evitar o declínio populacional. A população recém-descoberta está trazendo um raio de esperança aos peritos que lutam pela conservação destes animais.

Os indivíduos encontrados em 2009 possuem diferenças significativas na coloração da sua pelagem com relação as duas espécies já conhecidas. Isso significa que pode tratar-se não apenas de uma nova população, mas de uma nova espécie ou subespécie, mas ainda necessitam-se mais estudos para comprovar esta teoria. A análise do material genético de um dos indivíduos já foi encaminhada e logo os pesquisadores saberão se podem tratar este animal como uma espécie distinta ou apenas uma população da já conhecida espécie Mirza coquereli.
ESTA INFORMAÇÃO FOI:

0 Comentários sobre esta postagem::

Postar um comentário

Comentários inoportunos, idiotas ou ilegais não serão aceitos.