sábado, junho 05, 2010

O que aconteceria se um vulcão encontrasse petróleo?

Existe alguma evidência de um canal vulcânico ou câmara de magma que entrou em contato com um campo de petróleo ou gás? Haveria uma grande explosão se o petróleo vaporizado entrasse em contato com o ar da superfície da Terra, liberando dióxido de carbono e detritos de carbono? Isso pode ter levado ao um resfriamento global ou era do gelo? Essa desastrosa cadeia de eventos provavelmente não ocorreu, na opinião de Nicholas Christie-Blick, professor de ciências ambientais e da terra do Lamont-Doherty Earth Observatory, da Columbia University.

"A maioria do petróleo e do gás do mundo é encontrada em bacias sedimentares com pouca ou nenhuma atividade magmática, então casos em que o magma encontra o petróleo preso são certamente pouco comuns. Além disso, até mesmo em reservatórios, o petróleo é disperso nos poros entre as partículas sedimentares, enquanto os canais por onde passa o magma são comparativamente estreitos", disse ele.

Assim, um encontro direto não necessariamente resultaria em uma grande explosão ou em alguma mudança irreconhecível no clima.O comportamento de vulcões explosivos está mais associado a outros fatores,e os efeitos climáticos dessas erupções tendem a durar de meses a anos, e não o período de 40 mil a 100 mil anos dos ciclos glaciais-interglaciais.

Recentemente, outras pessoas postularam que esses eventos relacionados aos vulcões podem ter causado grandes mudanças abruptas muito tempo atrás. Um dos melhores exemplos, é discutido em um artigo de 2004 da revista "Nature", por Henrik Svensen e colegas, sobre um evento que teria ocorrido há 55 milhões de anos. Esses cenários são altamente controversos, e há ideias alternativas no mínimo igualmente viáveis, ele disse.
ESTA INFORMAÇÃO FOI:

0 Comentários sobre esta postagem::

Postar um comentário

Comentários inoportunos, idiotas ou ilegais não serão aceitos.