segunda-feira, março 15, 2010

O Tamanho do cérebro humano está diminuindo... E Agora?





Dois paleoantropólogos franceses, Antoine Balzeau e Dominique Grimaud-Hervé, do Centro Nacional da Pesquisa Científica e do Museu de História Natural parisiense, conseguiram, pela primeira vez, reconstituir em 3D o formato do cérebro do homem de Cro-Magnon 1 – o nosso mais velho antepassado Homo sapiens (com 28 mil anos de idade).

A dupla digitalizou o interior do crânio através de um scanner médico (tomografia computadorizada), que permitiu descobrir estruturas anatómicas internas até agora inacessíveis – no endocrânio. A tecnologia permite um acesso não invasivo, de forma a preservar a integridade do fóssil original. Balzeau e Grimaud-Hervé verificaram que “a dimensão do cérebro do Cro-Magnon é maior do que a média actual”.

É possível que tenham encontrado o crânio de um cabeçudo, alguém acima da média de tamanho da caixa cefálica. Contudo, pelas observações dos outros fósseis Homo sapiens da época e mais antigos, é possível verificar que a média de tamanho nos crânios dos H. Sapiens primitivos era realmente maior que a nossa média atual. Coisa que está sendo sendo testada e logo será provada em moldes científicos.

Ainda não se sabe quais áreas do cérebro sofreram maior redução, ou se existe algum indício de perda na capacidade de fala, raciocínio ou articulação social. O que se pode especular é que se isto for uma tendência evolutiva relacionada aos nossos hábitos, alimentação e genética, poderemos temer num futuro próximo, voltar ao estágio de animal selvagem. Perderemos nossa capacidade de organização social e de comunicação gerando consequentemente a perda de toda tecnologia e cultura. Não passaremos de algo como um tipo de Mico-Leão-Gigante das cavernas.
ESTA INFORMAÇÃO FOI:

0 Comentários sobre esta postagem::

Postar um comentário

Comentários inoportunos, idiotas ou ilegais não serão aceitos.