segunda-feira, março 15, 2010

Participante de Reality Show Vira Serial Killer nos EUA


Um famoso da Televisão Estadosunidense, fruto da grande mídia, era na verdade um Serial Killer. Condenado a morte por ter matado quatro mulheres e uma criança há mais de 30 anos atrás. O suposto instinto assassino teria sido despertado um pouco depois de sua participação no programa. Era conhecido junto do grande público simplesmente por ter participado nos anos 70, de um reality show de encontros amorosos chamado "Dating Game" (algo como o Big Brother Brasil da época).


A primeira vítima teria sido uma menina de 12 anos que foi assassinada no ano de 1979. O réu foi acusado e condenado por rapto, assassinato, estupro e sedução de menores, na hora de praticar sua auto-defesa cantou uma música chamada "Alice`s Restaurant", de Arlo Guthrie. De forma desafinada porém empolgada, para todos que quisessem ouvir, em alto e bom som ele optou em sua defesa ao invés de falar, cantar.

Para o terror de muitos e o prazer de poucos sádicos que foram lá defende-lo, o Serial Killer fez sua última apresentação televisiva cantando:


«Psiquiatra, eu quero matar, eu quero matar, eu quero ver o sangue, as tripas e as veias nos meus dentes. Eu quero matar». - A pergunta que fica e acabará não sendo respondida graças ao fuzilamento do indivíduo é - "Até que ponto a grande mídia pode ter influenciado na formação da mentalidade deste criminoso?"

Fonte: associated press
ESTA INFORMAÇÃO FOI:

0 Comentários sobre esta postagem::

Postar um comentário

Comentários inoportunos, idiotas ou ilegais não serão aceitos.