quinta-feira, junho 10, 2010

Aprenda a fazer sabão para evitar os entupimentos e se livrar da poluição

A reciclagem de óleo de cozinha em Cerqueira César, bairro central de São Paulo, baixou em 26% o número de casos de entupimento na rede de esgoto da região entre 2008 e 2009. Iniciado há três anos, o programa de reaproveitamento tem a adesão de 1.500 dos 1.600 prédios do bairro. Nesse projeto, os prédios recolhem os restos da fritura nas casas e entregam o material para reciclagem.

Segundo a Sabesp, os pedidos para desobstrução de dutos caíram de 727 para 539. Além disso, sem tanta gordura nos ralos, a tubulação de esgoto do próprio prédio fica mais limpa. O custo geral de um condomínio com serviços de desentupimento chega a cair 50%, estimam as organizações que coletam o óleo.

Waltemir Munhoz, síndico de um prédio na alameda Franca, usa o ganho individual para incentivar a participação na reciclagem: "Quem faz a reciclagem não tem mais problema com entupimento de pias. O óleo, quando vai para a rede, serve de alimento para ratos e baratas". Célia Marcondes, presidente da Associação de Moradores de Cerqueira César, relata que os zeladores estão felizes. "Eles dizem que o problema deles, de desentupir a pia das madames, acabou."

O óleo de cozinha usado é altamente poluente, descarta-lo na terra ou na rede de água é um verdadeiro crime ambiental já que a substância é cumulativa e tóxica. O procedimento correto é armazenar este óleo em garrafas ou recipientes que sirvam para a função.

Você pode vendê-lo (em grandes quantidades) ou doa-lo para que se faça sabão e biocombustível, aliás você pode doar para o MacDonald's que já usa biodiesel de óleo usado em sua frota de caminhões. Mas se você não sabe para quem vender/doar ou não está interessado em dar um prêmio ao McDonald's ainda é possível produzir facilmente o seu próprio sabão e complicadamente o seu próprio biocombustível, no fundo do quintal de casa. Para fazer sabão faça assim:

Receita de sabão de óleo usado

Material

- 1 litro de óleo de cozinha usado e filtrado;

- 400ml de água;

- 200 gramas de soda cáustica.

Rendimento: +- 1,5kg

Procedimento

Coloque com cuidado a soda no fundo de um balde, de preferência usando luvas. Em seguida, adicionar a água quente e mexa até diluir a soda.

Acrescente o óleo e mexa manualmente durante 30 minutos, pronto! Jogue a mistura nas formas e deixe em algum local seco. Poderá se formar algum líquido, após 48 horas retire o líquido e deixe secando mais alguns dias.

Obs: O Sabão pode ficar pastoso ao invés de ficar duro, isso ocorre devido a impurezas do óleo e condições de temperatura, portanto, é importante decantar o óleo em garrafas e depois filtrar com coador ou filtro de café para eliminar partículas.

De qualquer maneira, o sabão funcionará muito bem, e ainda que não tenha cheiro nem faça muita espuma sua louça ficará limpa e as suas mãos e a água ficarão livres da química dos detergentes.

ESTA INFORMAÇÃO FOI:

0 Comentários sobre esta postagem::

Postar um comentário

Comentários inoportunos, idiotas ou ilegais não serão aceitos.