quinta-feira, agosto 05, 2010

Elefantes são chacinados em reserva do Moçambique

Caçadores furtivos que se introduziram na Reserva do Niassa, Norte de Moçambique, abateram 12 elefantes e retiraram os seus dentes de marfim com machados e catanas, neste que é o maior ataque nos últimos oito anos naquele parque.

De acordo com fonte governamental, o massacre deu-se a quatro quilometros da cidade de Mbamba, junto ao rio Lugenda. Populares alertaram as forças de fiscalização da reserva três dias depois do ato.

Segundo a Sic Notícias, que cita o jornal Notícias de Maputo, as investigações permitiram encontrar algumas evidências do envolvimento de membros da comunidade de Mbamba. Este trabalho resultou na recuperação de armas e munições, que eram usadas para práticas ilegais dentro da reserva.

Os elefantes foram abatidos por volta do meio-dia, altura em que, habitualmente, os animais descansam, acrescenta o jornal. Esse ato de covardia não leva em consideração o valor dos elefantes para a cultura e estruturação da realidade local.
ESTA INFORMAÇÃO FOI:

0 Comentários sobre esta postagem::

Postar um comentário

Comentários inoportunos, idiotas ou ilegais não serão aceitos.