quinta-feira, janeiro 01, 2009

Poluição industrial causa mutações genéticas em peixes


Ambientalistas do mundo inteiro estão alarmados! A poluição industrial no Delta da Califórnia tem chegado a níveis tão extremos que vem provocado mutações nos peixes da região. Estudos feitos nos alevinos de espécies exploradas na indústria pesqueira descobriram uma série de mutações estruturais que podem levar estas espécies a uma baixa consideravel em seu numero de individuos e até mesmo a extinção das mesmas. Este quadro significaria o fim da indústria pesqueira naquele estado norteamericano.

O potencial pesqueiro da região já vem diminuindo drasticamente graças ao sistema de pesca predatória e da falta de regulamentação que priorize pela dinâmica do ecossistema e não pela dinâmica da economia. Desde a década de 60 já ocorreu uma redução de mais de 75% no número de peixes no delta. O setor pesqueiro está em plena decadência, mas o seu fim não implicaria em grandes prejuízos economicos para um estado que sozinho é dono de uma das dez maiores economias do planeta.

A Poluição sim é que implica em grandes prejuízos, tanto economicos quanto sociais. Vale lembrar que as toxinas liberadas nas águas pela indústria são as principais responsáveis pelas mutações nestes peixes. O efeito das mesmas é cumulativo e a população humana daquela região, obviamente utiliza desta mesma água contaminada para beber. Ora, se em peixes, que tem um ciclo de vida relativamente curto, essas mutações já começam a aparecer, nas pessoas, que vivem relativamente bastante tempo, não demorarão muitas gerações até que comecem a surgir as mutações genéticas decorrentes da ingestão das mesmas toxinas.

Imaginar um mundo de seres humanos mutantes é impensável, seria uma catástrofe! Mas o governo norteamericano historicamente se posiciona contra a adoção de medidas que visam conter a destruição do ambiente. Estas são sempre prejudiciais à economia e tendem a afetar o modo de vida das pessoas, desta maneira, podemos esperar que este quadro permaneça inalterado até que uma grande parte da população comece a sentir na carne os sérios efeitos da poluição.





Fonte: California Progress Report
ESTA INFORMAÇÃO FOI:

0 Comentários sobre esta postagem::

Postar um comentário

Comentários inoportunos, idiotas ou ilegais não serão aceitos.