domingo, março 21, 2010

Samba-de-orangotango-doido é relatado em Bornéu

Pesquisadores em primatologia conduziram uma análise acústica dos sons que os Orantogangos fazem batendo pedaços de pau em madeiras ocas. Isto demonstrou que as batucadas não só servem para atrair as fêmeas, mas também para enviar informações sobre a identidade e as intenções do macaco batuqueiro.

Os Orangotangos pertencem a família dos hominídeos, sendo portanto, parentes distantes do ser humano, do gorila e do chimpanzé. Ele se enquadra na sub-família dos pongídeos enquanto as outras espécies citadas figuram entre os homídeos.

Liderados pelo Dr. Carel van Schaik, da Universidade de Zurique, Suíça, os investigadores seguiram três machos sexualmente ativos, chamados, "Niko ',' Kentung 'e' Fugit", residentes da reserva natural na Tuanan, Bornéu. A área de investigação abrange 750 mil hectares onde são encontradas florestas úmidas e campos turfosos, e onde a densidade média de orangotangos é de 4,25 habitantes por quilômetro quadrado.

"Os orangotangos têm um rico repertório de batidas, no entanto, apenas na maturidade sexual, os machos emitem os tais sons, com uma longa série de pulsos de expansão aliados a resmungos que podem ser ouvidos a mais de 1 km de distância, e isso em meio a floresta densa. Reconher o indivíduo através de sons é importante na comunicação à distância quando o contato visual não é possível. A equipe investiga se, para fins de revelar a identidade e o contexto da aproximação, também são usadas as batidas", disse a co-autora do estudo, Brigitte Spillmann.

Eles documentaram o comportamento dos três orangotangos cada vez que uma dessas batidas era emitida. Descobriu-se que frequentemente os machos fazem espontâneamente este tipo de som, sem nenhuma razão óbvia para os obervadores, talvez treinando pra entrar em algum maracatu ou treinando pra tocar na Rave. Eles fazem isso em estado de excitação, mostrando que estão aptos a contatos sociais, ou para a briga.

Além dos machos dominantes, as fêmeas costumam responder essas chamadas, igualmente com batucadas. Estes macacos possuem tantas características em comum com o ser humano que na Malásia, país onde se localiza Bornéu, a palavra "organg" significa "homem" e "tang", floresta. Para eles, habituados com a convivência, o orangotango não é um animal e sim, o homem-da-floresta.
ESTA INFORMAÇÃO FOI:

0 Comentários sobre esta postagem::

Postar um comentário

Comentários inoportunos, idiotas ou ilegais não serão aceitos.