terça-feira, agosto 07, 2012

Resolução da Anvisa pró-crime organizado proíbe a Salvia divinorum

Pra quem não conhece, a Sálvia-doida (Salvia Divinorum), é uma planta do gênero Salvia que possui mais de 2.000 espécies. Pouco estudada, só teve seu princípio ativo (Salvinorin A) identificado algumas décadas atrás. A planta no entanto possui uso tradicional no norte do México, onde é nativa e objeto de estudos em etnobotânica. Há quem use a planta como droga recreativa e existem alguns abusos como o uso para fins "religiosos", sendo que muitos usuários da Sálvia-doida a consideram um meio entrar em contato com supostas divindades.

Suas folhas podem ser mascadas, desidratadas para fazer chá ou fumadas,também pode ser feito um extrato. A questão não é se você usa esta planta recreativamente, é um fanático religioso riponga ou não usa drogas, mas sim se queremos mais um produto a ser vendido pelos traficantes, visto que a sálvia é para muitos considerada melhor que a maconha (Cannabis sativa X indica).

Uma das maiores discussões do momento é a legalização da maconha, com o intuito de diminuir a criminalidade e reduzir o poder financeiro do crime organizado, com esta proibição da Sálvia-doida colocaremos mais um produto nas mãos deles, para ser vendido nas portas das escolas para crianças inocentes. Mais um produto para sustentar o sistema de miséria e favelas e mais um grupo de usuários expostos ao convívio com bandidos.

Será que terá que ser feita a “MARCHA DA SALVIA” também? Quando nossos governantes acéfalos perceberão que a proibição não é o caminho? Será que teremos que gastar milhões em impostos e perder milhares de vidas para percebermos que estávamos errados, assim como estamos percebendo isso com a cannabis?

O comercio da salvia e de seus derivados era legal e efetivo até o mês passado quando a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) incluiu a Salvia divinorum na lista de plantas proibidas juntamente com o seu princípio ativo, incluso na lista de substâncias (RESOLUÇÃO RDC N. 37 DE JULHO DE 2012).

Então me diga agora quem é que realmente incentiva e financia o tráfico de drogas e o crime organizado? Os drogados ou o governo? Repetindo, não importa se você é ou não um usuário de sálvia-doida, o que importa é se você quer mais uma fonte de renda nas mãos de traficantes, mais um motivo para pessoas inocentes se arriscarem subindo morros entrando em bocas e se expondo a um cardápio enorme de substâncias destrutivas como o crack e a merla.

Inspirado no texto de Renato Silvano Kniess
ESTA INFORMAÇÃO FOI:

2 Comentários sobre esta postagem::

Dj Edu disse...

Saudações! agradeço por sua participação em meu blog e é com satisfação que adicionarei mundoemcolapso em meus parceiros, um abraço, paz

Anônimo disse...

Olá , se houver um grande abaixo assinado contra a proibição da sálvia divinorum toda minha família assina , ok ?

Postar um comentário

Comentários inoportunos, idiotas ou ilegais não serão aceitos.