sábado, janeiro 03, 2009

Guerra no Iraque já matou cem mil civis desde 2003


Em 2003 as tropas Americanas invadiram o Iraque sob pretexto de retirar Saddam Hussein do poder, instaurar a democracia no país e encontrar as supostas armas de destruição em massa que o regime do então ditador escondia. Durante alguns meses o mundo acompanhou através da mídia o avanço quase sem resistência do poderoso exército americano em direção à Bagda, rapidamente o caos tomou conta daquela nação e seu governo foi deposto.

Logo após este fato, como era de se esperar, começou uma guerra civil de proporções alarmantes dentro daquele país, dezenas de grupo e facções das mais diversas correntes islâmicas e anti-americanas iniciaram uma série de atentados contra o governo de coalisão formado com auxílio dos EUA e contra o próprio exército americano. A grosso modo, o regime do antigo ditador era responsável por manter uma certa união nacional e a anarquia gerada pela invasão intensificou os pontos de discórdia entre os grupos rivais. As frequentes acusações que governo americano faz a respeito de diversos países do mundo árabe que estariam auxiliando estes rebeldes no Iraque só fazem aumentar o ódio do povo destas nações perante os Estados Unidos.

A esquerda islâmica é vendida ao ocidente como o fundamentalismo irracional religioso com o único objetivo de que a população aceite as tropas invasoras ocidentais naquela região do globo, estariam lá supostamente ajudando a instaurar a democracia, libertando as mulheres da opressão estatal e fazendo todo mundo dançar com o novo som a Amy Winehouse. Mas o fato é que tanto os apoiadores quanto os detratores dos americanos são muçulmanos, alguns fundamentalistas religiosos, outros não. Na verdade, existem xiitas e sunitas dos dois lados, e existem governos no Mundo Árabe que apoiam os Estados Unidos e governos que fazem oposição a ele.


A Cultura por lá é Islmâmica, a religião também. Os avanços sociais libertários da cultura ocidental foram alcançados através da consciência e da razão. Não são as metralhadoras que serão capazes de modificar pensamentos. Então não se iluda, esta é apenas mais uma guerra suja e injusta por dinheiro, o grande "deus" capitalista.

A guerra já conta com mais de 120.000 mortos, sendo que destes, 100.000 são mortos da população civil. O governo americano já percebeu que esta guerra saiu do controle e que ela é uma das principais responsáveis pela crise economica de seu país que afeta o mundo inteiro. No entanto, dificilmente desistirão de exercer sua influência tanto econômica quanto militar no Oriente Medio.


A verdade é que o Oriente médio é rico em petróleo e o Iraque em especial, é um país que além do petróleo possui muitas reservas de água. Como a escassez de água é um problema real naquela região do globo, torna-se a riqueza natural mais disputada visto que garante a sobrevivência da população. Como sabemos, sem população não há economia.



fonte: Independent News (EUA)

ESTA INFORMAÇÃO FOI:

0 Comentários sobre esta postagem::

Postar um comentário

Comentários inoportunos, idiotas ou ilegais não serão aceitos.