quarta-feira, abril 14, 2010

Crie um sapo e fuja ecologicamente dos terremotos

Pesquisadores em Zoologia sugeriram no "Journal of Zoology" que os sapos podem ser capazes de prever terremotos, segundo um estudo da Sociedade Zoológica de Londres. A conclusão foi baseada no fato de que a quantidade de sapos declinou acentuadamente nos dias que precederam um terremoto de 6,3 graus de magnitude na cidade italiana de L'Aquila.

Os cientistas antes haviam observado o desaparecimento dos sapos do gênero Bufo em um conhecido local de reprodução na Itália central. Poucos dias depois, em 6 de abril de 2009, um terremoto atingiu a cidade, causando a morte de centenas de pessoas.

Rachel Grant, um dos pesquisadores, disse que as descobertas sugerem "que os sapos são capazes de detectar sinais de pré-sísmicos, como a liberação de gases e partículas carregadas. Eles utilizam esta informação para criar um sistema de alerta de prevenção aos terremotos". As relações entre os comportamentos animais incomuns e cataclismas sempre foi uma suspeita, mas existem ainda poucas evidências científicas. Estudar esta relação é importante para que nós humanos possamos entender e utilizar a percepção natural de outros seres em nosso benefício.

Roger Musson, um sismólogo da British Geological Survey, disse que o novo estudo é "outro bit de dados na grande pilha que se foi acumulando ao longo dos anos. Mas é de qualquer forma um avanço". Faltaria que algúem juntasse os dados encontrados nessas pilhas de informações? Ou faltaria mesmo o interesse de financiadores neste tipo de pesquisa?

De qualquer modo a idéia de criar um sapo não é má. Existem muitos sapos vendidos como animais de estimação, são encontrados até pela internet e podem salvar a sua pele em caso de terremoto. Tente ter algum certificado do Ibama ou coisa parecida para caso algum agente bata na sua porta. É claro que os vizinhos vão pensar que você lambe ele pra ficar doidão, mas você explica que é por causa dos terremotos e eles entendem.
ESTA INFORMAÇÃO FOI:

0 Comentários sobre esta postagem::

Postar um comentário

Comentários inoportunos, idiotas ou ilegais não serão aceitos.